About rltoscano

Nascido na cidade de Niterói em 1987, Rafael L. Toscano graduou-se em Ciência da Computação pela Universidade Federal Fluminense e trabalha atuando na própria área. Começou a escrever contos e poemas quando adolescente e guardava-os em diversos arquivos em seu computador ou num pequeno caderno. Em 2012 criou a página com o seu nome no Facebook, onde começou a publicar textos mais curtos sobre temas diversos. Mas foi em 2014 que passou a atualizá-la com maior frequência e a dedicar-se mais à sua maior paixão: a escrita. Leitor e escritor apaixonado, Rafael é autor e desenvolvedor do site OToscano.com e está terminando o seu primeiro livro, um romance policial intitulado "Enforcados".

Defina Objetivos

Definindo Objetivos para o Final de 2016

Olá! Após alguns meses sem postar, estou finalmente de volta! E agora com o meu segundo post para o blog :D. Dessa vez eu decidi falar um pouco sobre algumas reflexões que fiz nos últimos dias e como defini alguns objetivos para a minha vida, – ou seja: estou reorganizando a “casa” – mais especificamente para esse finalzinho de […]

Inauguração do Blog

Boa tarde, caro leitor. Hoje eu decidi criar a categoria “Blog” aqui no meu site. “Por que? Isso já não é um blog?” Sim, você está certo. Porém, no último ano, usei este site quase que exclusivamente para compartilhar notícias literárias, meus textos – contos e poemas – e textos que considero interessantes. Mas, a partir de hoje, eu gostaria […]

Banner "O Lago Negro"

Minhas Impressões sobre “O Lago Negro”

Olá, amigos. Adivinhem quem voltou a aparecer aqui no site? Isso mesmo, a querida escritora Juliana Daglio, autora do livro “Uma Canção para a Libélula”. Desta vez venho com mais uma novidade. Na verdade, um material fresquinho: as minhas impressões sobre as vinte primeiras páginas do seu mais novo livro, O Lago Negro, que será lançado […]

Fonte: http://www.zeniphoto.com/

O Homem do Sofá Velho

O Homem do Sofá Velho Ele ficou sentado ali No canto da sala Como parte do sofá Velho e desgastado. Estava empoeirado Tecido puído Mofado, esquecido Desbotado. Os olhos abertos Fitando a TV Como olhos de um boneco De pano. Perdido Aguardando o filho Jogar-lhe no lixo Como outrora fizera Com aquele brinquedo Que ele […]

Livraria Virtual Sanfer Livros

I Evento Literário da Livraria Virtual Sanfer Livros

No próximo sábado, dia 15 de Agosto, a livraria virtual Sanfer Livros completará um ano no ar. E adivinhe quem estará presente? Sim, eu! 😀 A organizadora do evento é a escritora e amiga, Yohana Sanfer que, mais uma vez, está fazendo um ótimo trabalho para divulgar a literatura nacional.   Essa edição de aniversário contará com a apresentação de livros, […]

Meu Conto “O Garoto do Balde Vermelho” no Brasil em Prosa 2015

Boa tarde, amigos. Para iniciar bem a semana, gostaria de compartilhar com vocês a publicação do meu segundo conto no site da Amazon Brasil para o concurso “Brasil em Prosa“. O meu primeiro conto publicado na forma de ebook na Amazon foi o conto Um Medo Para Dois e hoje publiquei o segundo, chamado “O Garoto do Balde Vermelho”.   […]

Meu Conto “Um Medo Para Dois” no Brasil em Prosa 2015

Boa tarde, pessoal. A Amazon, em conjunto com o jornal O Globo e a Samsung, está realizando um concurso de contos chamado Brasil em Prosa, onde escritores de todo Brasil poderão, até o dia 31 de Julho de 2015, publicar contos de no máximo 6 mil caracteres. Iniciei minha participação no concurso com o conto “Um Medo […]

Alice Munro

Alice Munro – Discurso da Cerimônia de Premiação do Nobel de Literatura de 2013

Alice Munro foi a escritora agraciada com o Prêmio Nobel de Literatura de 2013 por ser “mestre da narrativa breve contemporânea”. Alice foi a primeira pessoa na história do Nobel a receber o prêmio por escrever exclusivamente contos.   No discurso de cerimônia do prêmio, o professor Peter Englund fez a leitura de um texto em […]

Versos Livres

Que minha determinação e meu amor ultrapassem quaisquer barreiras. Que minhas palavras ganhem vida e, uma a uma, alcancem rincões que eu mesmo nunca alcançarei. Que voem por ares que não posso voar e toquem o coração dos mais variados seres. Que mergulhem na profundeza de suas almas e sintam o que jamais sentirei. Que […]

Japão, Abril de 2015, RLT

A Noite do Samurai

Uma escada escura Com pequenas luzes rosas: Sakuras na noite. Calçados descansam Sob o som de linguas tímidas. Os olhos traduzem. A sala de espera, O copo d’água gelada, Música ambiente… O convite mudo A deitar-se sobre a cama: A folha ao orvalho. O primeiro toque Do sol descongela a pele Que desperta muda. Os […]